sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Poema em linha reta



Nunca conheci quem tivesse levado porrada.


Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,

Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,

Indesculpavelmente sujo.

Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,

Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,

Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,

Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,

Que tenho sofrido enxovalhos e calado,

Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;

Eu, que tenho sido cômico às criadas de hotel,

Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,

Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,

Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado

Para fora da possibilidade do soco;

Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,

Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.



Toda a gente que eu conheço e que fala comigo

Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,

Nunca foi senão príncipe - todos eles príncipes - na vida...



Quem me dera ouvir de alguém a voz humana

Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;

Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!

Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.

Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?

Ó principes, meus irmãos,



Arre, estou farto de semideuses!

Onde é que há gente no mundo?

Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra?

Poderão as mulheres não os terem amado,

Podem ter sido traídos - mas ridículos nunca!

E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,

Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?

Eu, que venho sido vil, literalmente vil,

Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

( Fernando Pessoa )

Um dos melhores poemas que eu ja li, assim como Tabacaria do próprio Fernando, são os melhores que ja li, talvez por que fale de um Eu solitario e verdadeiro escondido lá no fundo. Esta interpretação do Osmar Prado, na novela o Clone, foi, para mim, a melhor. Desfrutem.




29 comentários:

Ð®£@M£® disse...

Seguindo o blog =D
Conheci o blog por causa da do Orkut, e, cliquei aqui, e, por mais estranho q isso possa parecer, quando entrei no blog me deparei com o "poema em linha reta", e por incrivel que pareça, tenho um trabalho para entregar segunda feira sobre esse poema. Fiquei meio "quais são as chances de isso acontecer?" É raro de aconbtecer uma coisa dessas xD

Glal disse...

obrigado por postar no blog Juventude Informada!

Artur disse...

Caramba, que belo poema. Meio longo, mas não tirá a beleza do mesmo.

Garota de Várias Faces disse...

cara, poema legal demais, vc fez uma ótima escolha.
realmente tá faltando, sempre faltou e sempre vai faltar homens e mulheres que assumem suas misérias...


\tô aki retribuindo comentário, mto obrigada, pessoas como vc são a essência para a existência do meu blog


http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
visita o meu blog? me dá esse prazer ;)

Maysa Lobo disse...

Adorei, os textos .Adorei muito o blog !
retribui visita ? http://pensamentosdasgirls.blogspot.com/
beijos ;*

Carlos Alberto de Pinho Junior disse...

Obrigado por prestigiar o blog A Notícia No Divã!
Parabéns pelo blog!
Estou te seguindo.
Tenha uma ótima semana!

Carlos Pinho.
A Notícia no Divã
http://anoticianodiva.blogspot.com/

Deixo o convite:
http://www.mercadocom.blogspot.com/

M!sunderstood disse...

Lindo não é mesmo? Mas é a mais pura verdade, o mundo está cheio dos seus falsos 'perfeitos', dos seus falsos 'felizes' e de todo mundo que esconde o rosto com uma máscara. É dificil achar alguém que admita que errou, alguém que admita que é péssimo em alguma coisa...

Enfim, ótimo texto.

Bjos, Misunderstood

= ] Pam Lima disse...

eu não assisti "o clone", e me admiro que tenham dado um espaço na novela para se recitar Fernando Pessoa, gostei da interpretação, pelo que me parece foi compatível o que diz o poema com o contexto da personagem que o recitou.

BoA Observação sua!
Gostei! Genial!

Visite me
http://paminblog.blogspot.com/

Kamila B. disse...

Olá!
Fico muito contente que tenha gostado do blog. Já estou de te seguingo também. Depois de Assassin's Creed teremos um especial do God of War, acho que você vai gostar :)

Fernando é um grande poeta. SIm, mostra claramente como um homem se sente isolado ao ver todas as suas voltas parecendo perfeitos. Mas no funto, todos acabam se sentindo da mesma forma, tentando parecer perfeito, pq não vê defeito nas outras pessoas. Bem, eu acho que é isso.. rsrs

Abraços
http://suinguken.blogspot.com/

Um Pouco Sobre Isso disse...

Parabéns pelo blog, tudo de muito bom gosto e qualidade.
Estou seguindo, e sempre que puder volto para comentar de novo. Espero seu apoio no nosso blog Um Pouco Sobre Isso.
Siga-nos, comente, clique nos anúncios ;D
www.umpoucosobreisso.blogspot.com

Simplesmente o que penso disse...

Adorei o blog

= ] Pam Lima disse...

seguuiiindoO!

João V. Alves disse...

É um belo poema. Muito lindo.

http://www.paradigmasdaspalavras.blogspot.com/

Andreza Breda disse...

Tudo é aqui é bastante fantástico. Deixo aqui meus agradecimentos pela visita em meu blog e meus parabéns à você, criador desse blog tão maravilhoso... Que o caminho do sucesso se ilumine ainda mais pra que você possa segui-lo sem deslizes, sem tropeços. Já estou seguindo.

Suian Lima disse...

Gosteei do blog,
Seguindo viu ;D
Poow.. muito legal seu blog e o que você escreve!!

Michelle disse...

Esse poema é forte demaais,
e Verdadeiramente lindo..
Seguindo aqui, parabens pelo blog.
Beeijos
http://falaseriooo-o.blogspot.com/

Bruna Matos disse...

Em resposta do seu comentário no meu blog:

Olha em primeiro lugar,eu não escrevi esse texto,eu apenas fiz um Ctrl C + Ctrl V,do que está escrito no próprio site do Greenpeace,e tudo isso que fizeram é um "jogo" juntamente com a Volkswagen.

E fala sério,você viu preconceito ai?Sabe,nem tudo é preconceito cara!Uma palavra não faz sentido sem uma frase.E você não deve ter lido a frase completa,se não,teria entendido.
E isso de lado negro,não se refere a uma pessoa,e sim ao lado "sombrio" digamos assim.

Acho que quem tem que se atentar aqui é você.


Sem mais
Bruna Matos / Planet Meio Ambiente

Paulo Paz disse...

é sim um preconceito subentedido, associar o que é "negro" ao que é ruim, ao que nao presta. e se o texto nao é seu, nao vi nenhuma referencia ao dono do mesmo.

http://paulosergioembuscadotempoperdido.blogspot.com/

Bruna Matos disse...

Não,não é um preconceito.Ainda mais porque não está sendo falado NEGRO do tipo afrodescendente,e sim NEGRO do tipo obscuro,sombrio.Coisa de nossos antepassados,reclame com eles.
Se você quiser levar meras palavras,que estamos altamente acostumados a ouvir,para o lado do preconceito,tudo bem.
Mas saiba que a verdadeira intenção não é essa. E vai de cada um ter o bom senso,de entender,que nem todo mundo,fala as coisas do modo preconceituoso.Eu sou totalmente contra isso de preconceito.
Tenho coisas muito mais importantes pra me preocupar,como por exemplo,salvar o nosso planeta.
E quanto a referência,eu confesso que não coloquei,pelo simples motivo de saber que a maioria dos meus leitores,entenderiam totalmente a ideia do texto,e ao entrar no "Clique AQUI,e faça a sua parte!" leriam o texto lá,e iriam saber que a origem é de lá.Ainda mais por que eu não vou explicar como funciona a promoção,de outrem.


Peço desculpas se de alguma maneira isso te ofendeu,ou ofendeu algum afrodescendente.Porém não irei tomar providência alguma,e nem irei mudar o texto.Pois não foi encontrada a necessidade de tal ação.


Sem mais
Bruna Matos/Planet Meio Ambiente

Paulo Paz disse...

mas é preconceito sim minha cara, mas so quem sente estes preconceitos sao os que sofrem, é fato que vivemos numa sociedade racista e preconceituosa, associar o que é negro ao que é ruim nao vem de agora, ja vi em varios blogs estas situações de assossiação, mas no seu blog mim chamou mais atenção por que vc é uma ativista do meio ambiente, uma pessoa que deveria esta mais atenta para isso. e acho valido esta causa de lutar pelo meio ambiente, mas as pessoas esqueceram que tem tanta gente morrendo de fome nas ruas, e as pessoas esquecem, como vamos salvar o "mundo" se nosso povo esta morrendo de fome nas ruas é capaz de salvarmos o mundo mais nao ter ninguem para habita-lo.


http://paulosergioembuscadotempoperdido.blogspot.com/

Bruna Matos disse...

Não irei mais tentar faze-lo entender.
Preconceito não é só de raça.Eu sei o que é preconceito,e todo mundo já passou por isso,de maneiras diferentes.

Mas como já lhe disse se isso de alguma forma te ofendeu,peço desculpas.
Porém não vou alterar,porque ao meu ver isso não está relacionado ao preconceito.
Se quiser,vá reclamar com o Greenpeace,que é onde se encontra diversos ativistas do meio ambiente.
Se eles não acham isso errado,eu também não acho.
Tenho apenas 14 anos,e sigo as "orientações" do Greenpeace,Planeta Sustentável,Instituto Akatu,Terra Cicle,entre outros.E para mim,eles são os certos.


Sem Mais
Bruna Matos / Planet Meio Ambiente

Paulo Paz disse...

Eu sei muito bem o que é preconceito e o que é racismo, eu os conheco bem de perto, pois sou negro e ateu, quase o topo dos discriminados, só faltava eu ser homossexual para estar no topo dos que sofrem racismo. Eu até relevo, ja que vc disse ter pouca idade, mas nao deixe as pessoas serem o dono da verdade nao, pense, nao é por que o Greenpeace disse que vc tem que abaixar a cabeca e ter como verdade absoluta, o greenpeace é ong muito importante mas nao é a dona da verdade, alisas ninguem é.
Um Abraço.

http://paulosergioembuscadotempoperdido.blogspot.com/

Bruna Matos disse...

Ah,mas não parece que você saiba.
E sim,eu posso ter pouca idade,mas tenho muito mais consciência do que várias pessoas por ai.E não,eu não abaixo a cabeça pra ninguém,porque eu aprendi a viver sozinha,depois de tudo que eu passei,quando me iludi com as pessoas que eu amava.Mas o Greenpeace,tem muito mais força de me convencer do que você.
Ainda mais pq eu não gosto de pessoas que são fúteis,o suficiente de acharem que só porque a maioria da população tem preconceito,que os outros vão ter tbm.E sabe eu acho que você não deveria nem estar se importando com isso,pq vc só faz o preconceito criar força,quando discute isso com uma pessoa que nem tem a intenção de te agredir dessa forma.

Eu sei o preconceito que os negros sofrem(a maior parte da minha família paterna é negra),eu sei o que Ateus sofrem,embora eu não seja,nem concorde com esse estilo de vida.Eu sei tbm o que vc sofreria se fosse homossexual ,sou amiga de vários e várias.E sabe o que eles fazem?Não veem preconceito nas coisas,e assim vivem felizes,e sem preocupações.
E sabe o que acontece com a minha amiga,que é negra e de baixa estatura?Por ela se importar,ela sofre.E as pessoas zombam mesmo dela,não por maldade,mas porque acham graça o jeito dela ficar brava e protestando.

Mas eu já lhe disse minha opinião.E não adianta,eu não vejo preconceito em uma palavra,e sim em uma atitude.

Me desculpe se de algum modo eu te ofendi.
Mas não volte a repetir desse modo,que eu tenho pouca idade,porque passar pelo que eu já passei na minha vida,aprender que nesse mundo só existem pessoas que querem te derrubar,e ter que aprender certas coisas cedo demais,me fez ficar muito mais madura e sábia do que muitos adultos por ai.


Assim finalizo essa discussão.

Bruna Matos /Planet Meio Ambiente

Paulo Paz disse...

se vc nao apagasse as postagens em seu blog vc iria ver que eu nao te chamei de preconceituosa, eu nem te conheco para saber, eu fiz uma critica a postagem em seu blog e a fiz concretamente, e outra coisa ser ateu nao é um estilo de vida é algo que vc acredita ou nao, e esta sua amiga "negra e de baixa estatura", como vc mesma disse, deve escolher melhor os amigos, ja que vc diz que eles zombam com ela, quando ela protesta e fica brava com certas atitudes, ainda bem que ela protesta, pois antigamente nao se protestava, ate que um homem e uma mulher negra resolveram nao ceder o lugar num onibus aos brancos. e eu nao estou ofendido, eu apenas lhe fiz uma critica e foi vc que mim disse que tinha apenas 14 anos, deu a entender que vc nao sabia o que estava falando, mais madura deu pra ver que vc nao é, ja que apagou as mensagens em seu blog e ainda mim bloqueiou, ja que em momento algum eu te desrespeitei e nunca o faria.
um abraço jovem

Bruna Matos disse...

Eu naum te bloquei no meu blog.Eu apenas modifiquei uma opção para q apenas seguidores possam comentar,jogada de markenting,pois estou tentando ganhar mais seguidores.E meu blog está passando por um período de mudança,estou me dedicando 100% nele.E tem mais,essas pessoas que eu falei que zombam da minha amiga,naum são amigos,e sim colegas de classe.
O modo que eu falei quanto a minha idade,é que eu disse q tenho 14 anos.E vc respondeu de uma maneira que pareceu assim "ela só tem 14 anos,ainda naum sabe o q faz".

Eu naum disse q vc me chamou de preconceituosa.
E sim eu apaguei mesmo seu comentário,pq vc estava fazendo propaganda no meu blog(colocando o seu link) sem ao menos ser seguidor,e aidaa estava falando de algo que não está relacionado.


Me conheça melhor antes de dizer se eu sou madura ou naum.

E eu não critiquei vc por ser Ateu,isso não vem ao caso.Eu só não concordo com isso.Eu chamava de modo de vida,se naum é me desculpe.

Simples assim.
Agora por favor,me deixa em paz,e encerra esse assunto,q não me interessa.Se quiser pode apagar meus comentários tbm.


Bruna Matos

Paulo Paz disse...

rsrsrs eu nao tava fazendo propaganda do meu blog, mas é que quando eu posto eu coloco meu endereco para saberei quem eu sou, é questao de identidade, e por minha conta do google tava dando sempre erro ai eu tava postando como anonimo, ai colocava o link do meu blog.
mas assunto encerrado,
um abraco e sucesso na sua bela luta pelo meio ambiente.

Bruna Matos disse...

ah,sucesso pra vc tbm.Estou te seguindo.

biroscavirtual.blogspot.com disse...

Ótimo blog! Parabéns!
Abraços da Birosca...

João Batista de Lacerda disse...

Só se faz um bom poema quem usa a imaginação para pôr as palavras nos lugares certos. Sou seu seguidor.